Testes

A partir do início do século XX, a personalidade (ou personalidades) se tornou um dos focos de atenção da psicologia e dos estudos neurológicos. As razões para este interesse podem variar.

Muitos cientistas acreditam ser possível prever o desenvolvimento do comportamento de alguém com base em sua personalidade. Outros se concentram mais no aspecto saudável da mente e desejam saber se certos tipos de personalidades são mais propensos a transtornos mentais, por exemplo.

Fora da comunidade científica, o interesse também é notável. Muitas pessoas simplesmente desejam saber mais sobre si mesmas, enquanto empresas e empregadores acreditam cada vez mais que conhecer a personalidade de alguém os pode ajudar a avaliar melhor se um potencial funcionário é adequado para o ambiente de trabalho e para as tarefas para as quais estão se candidatando.

Os testes que oferecemos abrangem essas duas dimensões: a profissional e a pessoal. O Teste de Personalidade é baseado no modelo Big 5, a teoria mais aceita e utilizada na comunidade científica1.

Já o Teste de Habilidades foi elaborado com base na teoria do Great 8, desenvolvida por Bartram2, que criou um modelo com o objetivo de prever o desempenho e eficiência organizacional por meio da avaliação de aspectos comportamentais. Esses aspectos incluem traços de personalidade, motivação, interesses e habilidades.

Competências

Teste de Habilidades
Avalia os oito fatores de competência identificados pelo Great Eight, uma teoria de competências que prevê o desempenho e a satisfação organizacional.

Personalidade

Teste PAPI
O teste PAPI explora os elementos da personalidade e comportamentos preferidos de um indivíduo, ajudando as empresas a avaliar se um potencial funcionário se enquadra no perfil que procuram.
Teste de Personalidade
Um questionário baseado no modelo de personalidade Big Five. Avalia a pontuação do participante em cada uma das cinco dimensões de personalidade dessa teoria.

Outros Testes

Teste DASS-21
O teste da Escala de Depressão, Ansiedade e Estresse é um instrumento de autoinformativo que avalia a intensidade e gravidade dos distúrbios emocionais nos indivíduos.

Referências:

1 Gomes, C., & Golino, H. (2012). Relações Hierárquicas entre os Traços Amplos do Big Five. Psicologia: Reflexão e Crítica, 25(3), 445-456; John, O., Naumann, L., & Soto, C. (2008). Paradigm shift to the integrative Big-Five trait taxonomy: history, measurement, and conceptual issues. In O. John, R. Robins, & L. Pervin (Eds.), Handbook of personality: theory and research (pp. 114-158). New York, NY: Guilford Press; Costa, P., & McCrae, R. (1992). Normal personality assessment in clinical practice: the NEO Personality Inventory. Psychological Assessment, 4(1), 5-13. doi: 10.1037/1040- 3590.4.1.5

2 Bartram, D. (2002). The SHL Corporate Leadership Model: SHL White Paper. Thames Ditton: SHL Group.